Naruto Game

Seja um Shinobi aqui no Naruto Game
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos

Compartilhe | 
 

 Missão de Rank D e C - A Procura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Sasuke Uchiha 闇黒
Genin
Genin
avatar

Mensagens : 11
Vila : 23/07/1998
Idade : 19

MensagemAssunto: Missão de Rank D e C - A Procura   Sex Nov 21, 2014 6:28 pm

' Alguns poucos dias após sua graduação de Gennin, como um shinobi de Konoha, Sasuke Uchiha estava caminhando em direção à sala do Hokage, para receber sua primeira missão. O dia estava nublado, e mesmo assim as pessoas de Konoha trabalhavam constantemente, pois nem mesmo a chuva mais forte iria apagar as chamas da vontade de fogo que ardiam no coração dos habitantes daquele grande vilarejo. Os ventos gélidos daquela tarde balançavam os cabelos do jovem Uchiha, que prosseguia lentamente com sua caminhada até a sala do Hokage.
- Com licença...
' Após minutos, Sasuke finalmente chegava ao seu destino, e pegava um pergaminho que continha as informações sobre a missão. Não havia muito a se dizer. O que estava escrito no pergaminho, além das características do jovem menino desaparecido, era: "Recentemente um estudante da Acadêmia Ninja sumiu, e sua missão é encontrá-lo e trazê-lo de volta à vila". Isso bastava para saber que shinobis especializados já haviam procurado o menino por toda a vila e não haviam achado, e como não podiam largar seus postos por uma missão de pequeno rank, o ideal era passá-la para um shinobi de menos nível para que adquirisse experiência.  As características que se tinham do garoto, eram que ele tinha entre seis e sete anos, tinha cabelos curtos, espetados e castanhos, e vestia sempre uma blusa verde de gola alta, com bermuda azul e sandálias simples, além de usar um cordão com um pingente de ouro com o símbolo de Konoha, característica que seria significativa para achá-lo. Essa era a primeira missão de Sasuke. Localizar e resgatar um jovem sumido, das mãos de quem quer que seja, ou simplesmente guiá-lo para a casa, uma possibilidade pequena, pois nenhum estudante de academia seria tolo o bastante para sair de Konoha sozinho. Bem... eram apenas detalhes. Sasuke guardava o pergaminho com as informações da missão em seu bolso, virava-se de costas e se retirava da sala do Hokage. Mais tarde, no portão de Konoha, estava Sasuke, pronto para iniciar sua jornada em busca do garoto desaparecido. Após notificar sua saída aos jōnin que guardavam os portões principais de Konoha, o jovem Uchiha saía caminhando lentamente naquele cenário onde, mesmo através do céu nublado, os raios de sol passavam e iluminavam todo aquele lugar, em que voavam algumas folhas soltas de árvores. Sasuke sabia que o caminho para achar o menino seria longo e precisaria agir cautelosamente, pois o mundo shinobi era cheio de armadilhas.
- Por onde começar...? Espere!
' Vestido tipicamente com sua blusa azul de gola alta, bermuda branca, sandálias simples e braçadeiras, Sasuke dessa vez usando sua bandana da vila da folha, identificando-se um shinobi de Konoha, e com uma mochila branca com detalhes cinzas e pretos em suas costas, onde ele guardava alguns alimentos enlatados para sua viagem e uma muda de roupas, por precaução, junto à alguma "outra coisa". Ele andava, pensando consigo mesmo por onde começar, quando algo lhe chamava a atenção: um senhor transportador de mercadorias para viajantes, andando de mãos dadas com um jovem menino, que de aparência era idêntico ao citado, mas estava com outras vestes, e sem querer exclamava, chamando a atenção dos desconhecidos.
- Perdoe-me mas, o senhor viu esse menino por algum lugar?
' Sempre um homem de poucas palavras, Sasuke mostrava o pergaminho que continha uma foto do menino desaparecido ao senhor, que suava um pouco e gaguejava ao responder.
- N-não... não o vi. Este menino é meu filho. S-sinto muito!
- Entendo.
' Sasuke estranhava a atitude do senhor de responder de tal forma, mas não criava muito alvoroço por essa ideia. Caso estivesse tão perto de Konoha, os ANBUS já teriam o achado. Fechando o pergaminho e virando-se de costas, o senhor reconhecia a marca que estava nas costas de Sasuke, o famoso leque do clã Uchiha. Alguns minutos se passavam e Sasuke então entrava em um vale de uma montanha, em uma trilha um pouco escura, onde o visualizava vindo em sua direção, uma mulher formosa vindo de mãos dadas com duas crianças, corrigindo uma delas de forma grosseira, mas algo também chamava a atenção de Sasuke: a outra criança, cuja qual não estava sendo corrigida pela mulher, também se parecia muito em vestes com o menino, mas sua aparência não o lembrava muito, por seu cabelo ser um pouco maior do que o da foto. De qualquer forma, Sasuke não podia deixar isso passar despercebido, e logo parou a mulher em sua caminhada, abrindo novamente o pergaminho e a perguntando:
- Com licença, não viu esse menino em algum lugar?
- Não, não vi!
' A mulher respondia com um tom de voz grosseiro, por já estressada com uma daquelas duas crianças. Porém, Sasuke procurava observar mais aquela criança, quando estava prestes a agradecer pela informação, e notava que aquele jovem tinha um cordão com um pingente de ouro, de Konoha, como o da foto, e o Uchiha não hesitou em perguntar.
- Bonito o pingente... - Disfarçava Sasuke, para então chegar em seu real objetivo - ... onde o conseguiu?
' Voltando a si, a mulher respondia normalmente, parecendo dessa vez estar um pouco sensibilizada, enquanto seus cabelos voavam às brisas de vento da montanha.
- O pai que deu para ele. É meu filho mais velho, e essa é a única lembrança que ele tem de seu pai, antes de ele morrer. Ele era um shinobi de Konoha, assim como você, e foi morto em uma missão por ninjas de Kirigakure.
' A história era comovente, mas Sasuke ficava indiferente após ouvi-la. A única coisa que o interessava era achar o menino desaparecido, e com isso sua missão estaria completa. Nada mais, nada menos que isso o satisfaria. Após agradecer e pedir desculpas pelo transtorno, Sasuke continuava sua caminhada. Afinal, onde esse garoto se meteu? A noite caía e haviam se passado algumas horas desde o início da missão. Sasuke já havia feito sua pausa para comer algo, pois não conseguiria prosseguir morrendo de fome. Ao chegar no final do vale, em um local aberto com paredes rochosas que formava um círculo, tendo várias passagens, Sasuke ouvia vozes masculinas berrando alto e gargalhando. Ele começava a aproximar-se lentamente, até ver um grupo de homens tatuados com o que parecia ser um símbolo de gangue, em forma de dragão, alguns grandes, outros de tamanhos médios, e todos eles com aparências brutais.
- Hmm...
' Observava então, detalhadamente aquele local, quando via que eles estavam sentados ao redor de uma fogueira, falando baboseiras, e além dessa fogueira, havia um menino amarrado, com mordaças. Sim, finalmente era o garoto que Sasuke procurava! Mas... aqueles homens que pareciam ser bandidos seriam trabalhosos de lidar. A conversa deles então era parada por uma kunai que voava em direção a fogueira, e possuía uma tarja explosiva pendurada em sua ponta. Ela era precisamente atirada por Sasuke. E então, a explosão, que arremessava alguns integrantes daquele bando longe, em direção às paredes rochosas, já sendo derrotados. Outros até se queimavam, e o fogo da explosão apagava o fogo da grande fogueira armada ali, deixando-os totalmente no escuro.
- Vocês são barulhentos demais.
' A voz do jovem Sasuke ecoava naquele local, onde se via cercado por homens daquela gangue, que viriam pra cima buscar confronto. Era um grande problema, ainda mais que alguns tinham espadas consigo. Isso não incomodava Sasuke, que continuava tranquilo, mas atento na situação. No escuro daquela noite fria, estava Sasuke, espancando alguns sequestradores que mal pareciam ter treino ou práticas de luta, apenas sua brutalidade, que era superada pela disciplina de Sasuke, até que...
- Parado ai! - Berrava um membro da gangue, empunhando uma faca próxima ao pescoço da criança sumida, prestes a matá-lo. Ele parecia estar em desespero, assustado, trêmulo e suando, espantado com o ataque surpresa do Uchiha - Se continuar com isso, não irei ter outra alternativa a não ser matá-lo!!!
' Alguns momentos de silêncio eram deixados ali, quando Sasuke abaixava sua cabeça e soltava um sorriso sarcástico. O homem mal podia ver, mas Sasuke estaria, alguns momentos depois, atrás dele, por causa do seu notável Shunshin no Jutsu, e o dava um chute bem forte em suas costas, o lançando pra frente, rolando no chão, até bater em uma rocha, onde parava, deitado.
- Hmpf... Só conseguirá matar alguém, quando for mais rápido que eu.
' A valentia de Sasuke era incrível, por desafiar aquele bando. Depois de cortar as cordas e desatar os nós feitos pelos bandidos, com uma kunai, Sasuke se identificava para o menino, e dizia algumas frases para ele se sentir seguro, mas o fato de ver a bandana de Konoha na testa de Sasuke, já era um alívio para o estudante desaparecido. O estado do jovem era preocupante, com alguns arranhões e um pouco machucado, com sinais de judiação. Aparentemente pronto para outra briga, o homem levantava novamente, mais tranquilo, mas Sasuke novamente surgia a sua frente, e o pegava pelo pescoço, imprensando-o naquela grande rocha e perguntando com tom de foz frio e face séria, intimidando-o:
- Não irei perguntar duas vezes... por quê?!
- Argh!... O colar, o colar! - Respondia o homem, amedrontado - Ele vale bastante no mercado negro!
' Raptar um jovem menino pelo seu colar; isso era uma atitude que dava nojo em Sasuke, que após novamente alguns momentos o encarando em silêncio, respondia:
- Patético.
' E logo o arremessava para o lado, com total desdenho e superioridade. Por ali ele ficava, jogado, machucado, e surrado no chão. Ali era o lugar de seres miseráveis como ele. Logo, Sasuke carregava o menino em suas costas, e começava sua corrida de volta a Konoha, levando o garoto a salvo. No meio da corrida, a madrugada ia embora, e antes que o menino adormecesse, Sasuke perguntou em um tom pouco preocupado:
- Eles o fizeram algo?
- Não senhor.
' Respondia o menino, em um tom amigável. Ele não precisava mais se preocupar, pois estava a salvo. O sol raiava, em plena manhã, nos portões de Konoha. O céu não mais estava nublado, e a felicidade aumentava. Os sorriso brilhavam ao sol, e os pais da criança recebiam pessoalmente Sasuke para agradecê-lo pelo trabalho e receber seu filho desaparecido. Aquela era a primeira de muitas missões realizadas por Sasuke, e assim ele se tornaria um grande shinobi. Nessa simples missão, ele pôde observar como era um pouco do grande mundo shinobi, cheio de maldades e perdas, mas Sasuke sabia exatamente o que isso significava, por já ter vivido uma grande perda. Agora, bastava esperar o que o futuro o reservaria.

End + Missão Completa.


Última edição por Sasuke Uchiha 闇黒 em Sex Nov 21, 2014 8:16 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Uma das falas de Sasuke, por descuido meu, havia ficado com a mesma dor das ações.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 185
Vila : 14/05/1992
Idade : 25
Biju : ???

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank D e C - A Procura   Sex Nov 21, 2014 7:58 pm

Off:Missão aprovada.

_________________
Obrigado a todos e tenham um bom game->Administração!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-forces-rpg.forumeiros.com
 
Missão de Rank D e C - A Procura
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Missão de rank C - Aula de Ninjutsu!
» Missão particular de Rank D - [Bingo Book] Saito Minamoto
» Missão de rank C - Mestre de Genjutsu
» Missão particular rank D - Fuga no Zoo
» Missão de Rank C - Estadia no Castelo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Game :: Missões-
Ir para: