Naruto Game

Seja um Shinobi aqui no Naruto Game
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos

Compartilhe | 
 

 Entre tapas e beijos

Ir em baixo 
AutorMensagem
Hoshigaki Kisame
Espadachin
Espadachin
avatar

Mensagens : 14
Vila : 14/02/1994
Idade : 24

MensagemAssunto: Entre tapas e beijos   Sex Set 07, 2018 10:12 am


~ O inicio



*La estava a bela vila da folha com suas famílias aproveitando a tarde ensolarada aonde os ninjas protegendo aquele imenso vilarejo, konoha por si era conhecida como umas das vilas mais poderosas daquela pais, a quantidade de ninjas habilidosos daquele imenso vilarejo era indescritível, mas sempre haviam aqueles que se destacavam positivamente e também os que se destacavam por outros motivos. Naquela mesmo vilarejo no gabinete do hokage estavam reunidos duas gerações, a primeira um dos principais hokages conhecido como Hiruzen Sarutobi já a outra apenas um jovem que poderia ter um futuro promissor aonde os sonhos e sua vontade era gigantesca.



-A finalmente eu te peguei seu velhote, hoje será o dia em que eu me tornarei o Hokage, hoje é o dia que superarei tanto você quanto o Naruto !!!!

*Gritava Konohamaru com uma shuriken em sua mão enquanto corria em direção a Sarutobi, os desejos daquele garoto era realmente espirituoso, sua vontade por si só movia montanhas, mas para se tornar o melhor dos melhores não basta só isso.

*O garoto corria na direção de Hiruzen e lançava sua shuriken na direção de Hiruzen, quando o próprio fazia selos de mão:



-Shuriken Kage Bunshin no Jutso




*Aquela mesma shuriken que era só uma dobrava sua quantidade uma vez, duas, três, até se tornarem diversas shurikens, era quando acertavam em cheio o corpo de Hiruzen, mas de repente “puff”, um tronco caia no meio daquela sala, mas onde estava Hiruzen, quando Konohamaru sentia um cascudo em sua cabeça:


- Hahahaha... Você ainda tem muito a aprender, mas quase me pegou hoje, mas como não conseguiu, irei resolver algumas coisas na vila, e sobre essa bagunça que você fez... Tem até o por do sol para organizar tudo.



-OQQQQQQ?



*Gritava aquela criança enquanto o hokage saia apenas dando risadas.



~Atualmente  


-Como as coisas mudaram hahaha, vovô, pai, vocês estariam orgulhosos de mim.



*La estava aquele jovem garoto, que havia amadurecido, não era mais uma criança, agora estava diferente, o mesmo estava trajando o uniforme Jounnin de Konoha que consistia em um colete dos shinobi elite de Konoha, calça azul escuro e uma camisa de manga comprida, mas algo não mudava ele mantia seu cabelo espetado e seu cachecol azul em volta do pescoço:


* Konohamaru tendo algumas lembranças nostalgicas deitado sobre um campo com poucas arvores, algumas rochas grandes:


- A tenho que me apressar, eles já devem chegar.


End
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guren 紅蓮
missing-nin
missing-nin
avatar

Mensagens : 8
Vila : 31/12/1996
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Sex Set 07, 2018 5:04 pm



- O Guardião do Sol -



*As condições climatéricas em Konoha eram as mais favoráveis, sendo que a vila era coberta por um caloroso sol, assentado num céu claro e com algumas poucas nuvens por perto. Andando calmamente pelas ruas do vilarejo, um jovem observava as faces dos Hokages, esculpidas detalhadamente como que vigiando toda aquela região, protegendo toda sua população e o seu futuro.*


-...


*O jovem de silhueta diminuta demonstrava uma certa indiferença para as situações que ocorriam em sua volta naquele local cheio de população, continuando assim a caminhar até ao campo de treinos que lhe era mais comum, onde o time Konohamaru praticava suas habilidades regularmente. Mitsuki tem cabelo branco azulado despenteado, sobrancelhas finas, olhos com cor de âmbar, e uma pele pálida. Seu traje é composto por uma camisa quimono folgada, de dois tons e com mangas esvoaçantes, amarrada por um cinto Ono grosso estilizado, junto com isso, ele usa um par de calças de cor clara, e sandálias shinobi de comprimento longo. Além de sua roupa, ele usa longas luvas sem dedos negras e sandálias shinobi negras que sobem até suas panturrilhas. Mitsuki também usa seu protetor de testa de Konoha em torno de sua testa, honrando assim sua aliança para com a vila onde estava aquele que mais queria proteger.*


- Hm...?


*Ao chegar perto do local verdejante, com poucas arvores e bastantes rochas, o mesmo denotava um chakra familiar, o de seu sensei. Após detetar a presença do mesmo com facilidade, ele se aproximava do Jounnin, com uma expressão neutra que lhe era sempre a mais comum, e logo o pupilo perguntava, desconfiando um pouco da presença do mesmo:*


- O que está aqui fazendo, Konohamaru-sensei?


*O jovem demonstrava um de seus típicos sorrisos, enquanto sentia o vento balançar suas vestes. Vinda do solo, uma pequena e singela cobra, de tons brancos subia em sua perna se deslocando até seu ombro sem dar a entender a presença da mesma a Konohamaru, enquanto o jovem assim aguardava para entender o que ocorria, mantendo sua guarda alerta.*





#Terminus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSong_Kardia
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 2
Vila : 23/10/2002
Idade : 15

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Sab Set 08, 2018 12:54 am





- Talentosa da Névoa Oculta -

                                    "O que você espera que nós encontremos em tal mundo?!                                                                   Seria um mundo sem esperança, sem sonhos!                                   Apenas a fuga da realidade!"

 Mei Terumi - Godaime Mizukage
照美メイ - 五代目水影


* A jovem mantinha sua feição serena enquanto sairia da sua sala como Mizukage de Kirigakure e se dirigia até ao local onde enfrentaria Konohamaru Sarutobi, Hashirama Senju e um dos novos ninjas da Vila da Folha, Mitsuki, uma criança adorável. Mei já estaria atrasada para tal encontro com os meninos mas, para ela não haveria problema nunca foi pontual. Seus passos eram lentos, os cabelos cabelos ruivos voaram contra as brisas fortes, tais olhos curiosos procuravam o local que continha diversas árvores e um solo plano. Como do costume, a mulher utilizava um vestido azul escuro de mangas compridas que fica logo abaixo dos joelhos. Parece ser fechado na frente com um fecho de correr, e é mantido aberto no lado frontal direito da cintura para baixo. O vestido só cobre até a parte superior de seus braços e a parte inferior dos seios. Por baixo, ela veste uma armadura de malha que cobre um pouco mais de seu corpo superior de seu vestido. Ela também usa shorts da mesma cor que o vestido e, por baixo desses, leggings de malha, descendo sobre os joelhos. Em torno de sua cintura, ela usa um cinto com uma bolsa fixada na parte traseira do lado esquerdo, juntamente com sandálias de salto alto e caneleiras atingindo-se sobre os joelhos, azul escuro brilhante em seus dedos das mãos e pés, e normalmente é mostrado com batom azul escuro. *

- Finalmente pude chegar aqui... Então são vocês? Rostos tão bonitinhos para serem estragados, uma pena. O primeiro hokage, filho do Orochimaru e o neto de Hiruzen.

* Um sorriso se formou entre os lábios da Mizukage, enquanto sentia uma pequena gota de lava saindo de sua boca. A jovem limpou encarando os jovens que estariam ao seu alcance, Mei por si própria és muito sensual e lamenta por ter que levantar a mão contra rostos bonitos que ela goste, como os exemplos em sua frente. A Mizukage costuma ser bastante destemida, corajosa e calma durante uma luta, se mantendo sempre um passo a frente de seu adversário com suas estratégias e tentando o seduzir com sua aparência bem sexy para uma mulher com 30 anos de idade. Odeia ser chamada de velha, ou alguma ofensa que não represente a beleza de seu corpo, sempre se importando com seu estado civil como todos Kages. Uma forma de irritar profundamente Mei é agir como um intolerante fazendo piadinhas de mal gosto sobre a sua idade, corpo e aparência.* 

- Tanto tempo se passou, não é? Última vez que nos encontramos todos juntos foi durante a Quarta Grande Guerra Mundial Ninja, agora como adversários...


                                                             



* Mei possuía um sorriso demonstrando que estava apenas brincando com os jovens a sua frente. Sua voz melodiosa causava receios naqueles que escutavam, mesmo com a idade avançada ainda sim era capaz de dar medo aos cidadãos de sua vila, recentemente a mulher havia passado o cargo de Mizukage a Chōjūrō. Decidindo focar em sua vida pessoal, entretanto, o destino atrai mais uma vez quando é desafiada a um combate. O olhar da moça era como se tais pessoas em sua frente fosse uma espécie de presa, sorrindo como uma maníaca, a mulher se manteve com as mãos ao redor da cintura e seus cabelos até a cintura balançando conforme o vento. Os pensamentos se tornariam confusos, a mulher não saberia que teria um jovem envolvido na luta e lamentava por ser apenas uma criança, mas também não o subestimaria, afinal, quando criança ela também era capaz de grandes feitos, ou seja, não poderia julgar tal criança pela aparência. Mei também achava cedo para o jovem Konohamaru lutar, mas ele tomou este destino desde pequeno e não seria a mesma que o impediria de tal feito, quanto ao Primeiro Hokage, Hashirama; Mei estava satisfeita de poder lutar ao seu lado, como uma companheira de batalha.*

                                                                       

                                                                               Mei Terumi - Godaime Mizukage
                                                                                              照美メイ - 五代目水影

                                                                             "Tenha mais um pouco de confiança em si.
                                              Você é forte, você sabe."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hashirama Senju 火の意志
Jounnin
Jounnin
avatar

Mensagens : 45
Vila : 23/10/1982
Idade : 35

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Sab Set 08, 2018 2:00 pm



- O prodígio Hyūga -
日向ネジ



*A narrativa de uma vida inicia-se a partir do princípio de que a existência de alguém cabe a um pré-determinado propósito. Uma pessoa que nasceu está fadada somente a seu destino e somente isso, e o momento da morte é o que a libertará de seus deveres em vida... bom, um pensamento enganoso que antes habitava a mente de um grande gênio. Um homem que, antes fadado a um destino errante, hoje tem consciência de que a bússola que guia seu destino é seu próprio coração; os pés que trilham seu caminho são apenas seus próprios.
*Hyūga Neji, o gênio referido, era guiado por seu destino até um campo aberto com poucas árvores e rochas em uma tarde ensolarada. Uma águia passava sobrevoando o terreno, e finalmente ouviam-se os passos do jovem prodígio chegando calmamente no esplêndido lugar. As folhagens verdes e o azul celeste contrastava com suas características: olhos azuis esbranquiçados, blusa abotoada no meio do tórax de cor branca, uma manta negra sobre suas pernas e calças, sandálias de cor preta e a bandana de Konoha em sua testa, sendo sua placa sobre um pano preto. Seus cabelos eram longos e castanhos, presos na ponta com uma fita que os unia. Sua pele era clara, e por fim, seu semblante era contigo.



" ... "


*Reservado, o jovem observava calmamente os presentes no recinto e os analisava superficialmente, reconhecendo-os: Sarutobi Konohamaru, o neto do terceiro grande Hokage e herdeiro da aparente vontade contagiante de Naruto; Mitsuki, um jovem um tanto quanto curioso, um pouco peculiar; e por fim, Terumī Mei, a grande quinta mizukage. Era notável que haviam presenças de peso naquele local, mas isso não afetava Neji, que respeitosamente se pronunciava pela primeira vez após observá-los com calma:


- Peço desculpas pela demora.


*O vento assobiava naquele pasto que recebia a tarde calorosa e o sol forte, porém não abafado, estava um clima agradável. A águia que sobrevoara aquele local agora já havia se retirado. Neji unia suas mãos em um sinal de mão, deixando seu indicador levantado, e fechava seus olhos enquanto seus cabelos e suas vestes eram acariciados pela brisa de vento. Suas palavras soavam com calmaria:



- Se não se importarem... vamos começar.


*Seu compromisso seria cumprido e seu destino escolhido. Neji naquela tarde iria batalhar amistosamente ao lado da Quinta Mizukage contra Konohamaru e Mitsuki. Um mero treinamento, mas com todo o potencial mortífero dos shinobis pois tratavam-se de pessoas de peso neste mundo. Uma falha poderia ser fatal, mesmo que não intencional.
*Veias subiam ao lado dos olhos do Jovem Prodígio, e então a bênção Hyūga se mostrava:


- Byakugan! - (Olho Branco)


*Um impacto se dava à sua fronte e Neji abria seus olhos revelando a Kekkei Genkai de seu clã, seu orgulho: o Byakugan. Um dos três grandes dōjutsus, perfeitamente dominado por Neji que precisaria explorar seu máximo na batalha. Seria um confronto perfeito para testar seu potencial.
*Com sua pacificidade e concentração em sua mente, e leveza em seu corpo, seus olhos estavam focados em seus oponentes. A partir desta hora, tudo seria clinicamente analisado por aqueles olhos que tudo vigiavam. Neji colocava-se na posição de batalha característica de seu clã, posturando sua coluna, com uma mão palmeada à frente na altura do peito e uma mão palmeada para baixo na altura da cintura, e pernas espaçadas. O combate estava prestes a começar.


End
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hoshigaki Kisame
Espadachin
Espadachin
avatar

Mensagens : 14
Vila : 14/02/1994
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Sab Set 08, 2018 5:52 pm


- Mitsuki-kun, parece que você foi o primeiro a chegar. Pois bem, isso será um pequeno embate, faz parte dos seus treinos, mas não lute como isso fosse apenas um treino, batalhe como se sua vida dependesse disso... Eles já devem estar chegando.


*O tempo passava naquele imenso campo, logo após uma voz ecoava sobre aquele lugar {...}:


-Mizukage-san, Neji-san, finalmente chegaram!



*Konohamaru ficava meio sem graça com a presença da Mizukage que parecia estar “dando mole”, era algo que ela realmente fazia sempre que encontrava um jovem diferente. Neji como sempre tomava a postura mais séria, com suas poucas palavras ele já ativava seu  kekkei Genkai conhecido como Byakugan:


- Isso vai ser um pouco problemático, pois bem, Vamos la Mitsuki !  

 

*Konohamaru juntava suas mãos fazendo uma especie de sinal de cruz:


-Kage Bunshin no Jutsu



*Era quando uma fumaça subia ao seu lado direito e esquerdo, quando aquela fumaça baixava surgiam dois clones idênticos ao original, aquilo não seria um problema nem para Mei nem para Neji, pois o mesmo era proprietário daqueles olhos. Logo depois daqueles clones surgirem, eles se separavam o primeiro clone  corria para a esquerda e o outro para a direita o verdadeiro dava alguns saltos para trás, ambos cobriam pontos estratégicos, konohamaru fazia alguns selos de mão:



- Katon: Haisekishō (Elemento Fogo: Pilha de Cinzas Ardentes)



*Tanto o original quantos os clones respiravam fundo e cuspiam uma enorme cortina de fumaça por todo aquele campo, aquela fumaça era um composto de pólvora e cinzas, que cobria totalmente a visão de Neji e Mei, mas não era só isso, ambos sacavam shurikens e as lançavam na direção daqueles dois:


- Mitsuki você já sabe oq fazer ! - Shuriken Kage Bunshin no Jutsu


*Aquelas poucas shurikens se multiplicavam em 50 de cada( como são 3 - 150), a visão de Neji e Mei já estava debilitada devido aquela cortina de cinzas, aquelas shurikens estavam praticamente camufladas, era algo simples, mas....





End + A.S
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guren 紅蓮
missing-nin
missing-nin
avatar

Mensagens : 8
Vila : 31/12/1996
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Dom Set 09, 2018 9:47 am



*Mitsuki via que todos os oponentes chegavam enfim, denotando que tinham diversas habilidades exclusivas e unicas, dignas de reconhecimento. Mas havia uma que lhe chamava a atenção: os olhos pérola de Neji. Tais olhos eram os mesmos que haviam atacado Konoha, e tambem eram os mesmos da mãe de Boruto. Apesar da pouca informação acerca dos mesmos, o jovem shinobi averiguava que poderiam ter capacidades semelhantes ao Sharingan, o Doujutsu que melhor conhecia. Manter a calma e agir com precaução era sem duvida o mais correto.*


- Concordo que vai ser problemático, Sensei...


*Entrando em colaboração com seu sensei, Konohamaru, o jovem observava os movimentos do Jounnin para depois pensar como atacar. Ele fazia recurso a uma técnica de Katon, dando assim espaço de abertura logo de seguida para Mitsuki, que se mantinha longe. Com sua mão direita, Mitsuki pegava uma Kunai que mantinha em sua mão, em caso de defesa súbita. Logo de seguida, o mesmo levantava seu braço esquerdo, concentrando seu chakra para lançar seu ataque.*

- Raiton: Hebi Mikazuchi (Liberação de Relâmpago: Manipulação da Cobra Elétrica)


*Com poucas palavras durante todo o processo e uma postura devidamente calma e controlada, Mitsuki cria uma descarga elétrica que pode ser lançada em forma de uma cobra ou pode cobrir seu corpo para eletrocutar em quem ele encostar. Essa técnica pode ser potencializada por um ambiente aquático. Uma vez usada num ambiente propenso a uma carga elétrica maior, o usuário também parece ficar vulnerável a receber danos. No caso, a técnica de Mitsuki visava adentrar a fumaça que Konohamau havia produzido. Como a mesma dificultava a visão dos seus adversários, Mitsuki aproveitava essa grande lacuna para os adversários atacando pelo ponto onde não veriam. A cobra elétrica tomaria o seu rumo até Terumi Mei, procurando um ponto cego no meio da fumaça para se enroscar em seu corpo, eletrocutando a adversária.*

-...

*Sem grandes reações de surpresa, os restantes membros da luta poderiam ainda observar algo, a fumaça que tirava suas visões entrava em combustão. Devido à eletricidade propagada dentro da fumaça inflamável, os pequenos raios soltados pela técnica ateavam fogo à técnica de Konohamaru, mostrando assim sincronia entre ambos. Mesmo que os seus inimigos escapassem da técnica de Konohamaru, a sua cobra iria eletrocutar o inimigo. Se o inimigo escapar da cobra elétrica, a explosão da fumaça iria rebentar e possivelmente provocar danos, para não falar das shurikens que Konohamaru lançava, que logo pegavam fogo e se tornavam ainda mais perigosas. O ataque sincronizado do Mestre e de seu pupilo revelava um certo tempo de treino e tambem de laço emocional, algo que o inimigo provavelmente não teria.*



#Terminus + Ação Secreta


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSong_Kardia
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 2
Vila : 23/10/2002
Idade : 15

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Seg Set 10, 2018 12:20 am



Off - A defesa será feita no post do Neji, então vou postar como se já tivesse sido defendida.






- Talentosa da Névoa Oculta -

                                    "O que você espera que nós encontremos em tal mundo?!                                                                   Seria um mundo sem esperança, sem sonhos!                                   Apenas a fuga da realidade!"

 Mei Terumi - Godaime Mizukage
照美メイ - 五代目水影

— Oh… Acharam mesmo que a brincadeira iria acabar tão rápido assim? Meu lindo jovem, agradeço por ter me protegido, quem sabe não lhe recompense mais tarde.

* Mei estaria satisfeita pelo o que o jovem  Hyūga havia feito, como de costume, a mulher não perderia a oportunidade para dar em cima do menino, em questão de segundos os cabelos da Mizukage balançavam conforme as rajadas de vento (Imagem inicial), o sorriso ainda continuaria em sua face, encarando tais rapazes como presas no qual adoraria os destruir, a mesma levantaria enquanto faria alguns símbolos desconhecidos para aqueles que não eram cidadãos de Kirigakure. *

— Sabe Konohomaru… Uma pena ter que machucar esse rostinho tão lindo. Porém, irei mostrar a verdadeira brincadeira. Suiton: Kirigakure no Jutsu (Liberação de Água: Técnica de Ocultação na Névoa.

* Sendo uma especialidade dos ninjas da Vila da Névoa, era evidentes que os adversários e até mesmo, Neji, não seriam capaz de conhecer tal técnica que era oculta a todos, sendo apenas da vila em si. Através de sua boca, Mei criou uma névoa levantando um pouco de água. Contudo, a Mizukage também utilizou a dominação da liberação de fervura, sendo capaz de criar uma névoa quente, — Sem derreter ou queimar os adversários — naturalmente toda névoa é fria, porém, adicionando uma névoa quente, é capaz de confundir qualquer tipo de sensoriamento que estivesse no local. Tanto em chakra, afinal, o chakra estaria espalhado por toda parte  — Como mostrado no anime, quando Isobu utilizou a técnica e pode até mesmo confundir Sasuke Uchiha, que não saberia onde exatamente o ninja se encontraria — ou pelo calor, tendo assim, uma temperatura igualada ao corpo humano, sendo capaz de enganar as possíveis cobras escondidas de Mitsuki pelo sensoriamento. Ao mesmo tempo, alguns pilares se formavam em volta de Mitsuki e Konohomaru. *

— Suiton: Suijinchū (Liberação de Água: Formação do Pilar de Água)

* Técnica usada tanto para defesa própria como para contenção, utilizando o chakra concentrado no corpo de seu usuário, sendo convertido através da boca e expelido de forma densa e a água que formaria nos pilares estariam com uma pressão muito forte, sendo assim,intransponível. Ao utilizar a técnica com rapidez, digna e sorrateira, demonstrando as verdadeiras formas de uma Mizukage, Mei criou cinco pilares, sendo quatro deles em volta dos mesmo e uma em cima. Podendo limitar qualquer tipo de ataque dentro do “cubo perfeito”, como proclamado por Mei. Sem chances de espera, Mizukage fez logo quando foi utilizado Kirigakure no Jutsu, sendo sorrateira e ágil em sua própria névoa, demonstrando do porquê conseguiu e cobiçou do cargo mais alto de sua vila; a quinta Mizukage. Sendo rápida no processo da sua prisão feita de água, impossibilitando Mitsuki de usar qualquer tipo de Raiton, pois, poderia matar Konohomaru que também estaria dentro do “cubo perfeito”. *

— Suiton: Suidan no Jutsu (Liberação de Água: Técnica do Projétil de Água)


* Depois de armazenar chakra no estômago, Mei expele uma grande quantidade de água sob a forma de lanças empaladoras, no qual saem dos pilares feita da água. *

— Eu realmente disse que seria uma pena machucar um rostinho tão bonito como de Konohomaru… Oh… Ainda bem que você ainda está aqui, certo, Neji?

* Apesar de Mizukage saber que não havia terminado, seria quase impossível sair de tais golpes sem dano algum. O que entristecer Mei por alguns minutos, Konohomaru era uma criança muito bonita para ter o rosto machucado de forma tão bruta e violenta. Afastando esses pensamentos, Mei colocou as mãos ao redor da cintura, enquanto observava o que poderia acontecer em seguida. Relembrando o tempo em que ela seria apenas uma simples criança igual a Mitsuki, conseguindo ter memórias de quantas pessoas inocentes morreram em suas mãos apenas para que o desejo de ser hoje, a antiga Mizukage de Kirigakure. *

Fim + Ação Secreta.





                                                                               Mei Terumi - Godaime Mizukage
                                                                                              照美メイ - 五代目水影

                                                                             "Tenha mais um pouco de confiança em si.
                                                                                           Você é forte, você sabe."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hashirama Senju 火の意志
Jounnin
Jounnin
avatar

Mensagens : 45
Vila : 23/10/1982
Idade : 35

MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   Seg Set 10, 2018 10:52 pm


日向ネジ



*O confronto precedido por uma breve chegada de ambos os lados que dispensavam apresentações enfim havia tomado início, e estava prestes a tomar um rumo. Estratégias, cálculos, desempenhos... tudo seria crucial para decidir tal rumo. Cada mínimo erro poderia trazer uma derrota inevitável, e Neji sabia disso. Todo cuidado não seria nada além do essencial.
*A outra dupla tomava a dianteira nas ações, executando um combo muito bem pensado misturando suas técnicas para realizar um ataque muito mais aprimorado: Konohamaru havia exalado de seu peito cinzas inflamáveis, uma cortina de fumaça altamente nociva, e havia feito um clone, lançando poucas shurikens que logo se contabilizavam em centenas. Logo depois, Mitsuki utilizava um raiton de seu domínio, criando uma espécie de víbora elétrica que iria causar uma combustão naquela névoa de pólvora e explodi-la, e imobilizar e causar danos a seus oponentes. De fato, formidável. Porém, tratando-se de alguém como Neji, estratégias e pensamentos rápidos eram especialidade da casa, característica do jovem de saber quais decisões tomar em meio a uma batalha.



" Um Katon que exala uma nuvem de fumaça?... "


*Em um rápido raciocínio conhecendo a natureza de chakra de seu oponente por sua fala, Neji deduziria (na velocidade de pensamento que Neji possuía, reconhecido por sua aptidão em observação e decisões em batalhas) que não só era peculiar um Katon exalar fumaça, a não ser que não fosse apenas fumaça: ela precisaria de uma ignição para explodir - natureza do fogo, e se alastraria tão rapidamente como fora executada.


" Essa não! "


*Rapidamente em um salto, vendo que a fumaça caminhava em sua direção e com toda certeza eles não se bastariam a apenas isso, Neji saltava para a frente de Mei e em uma rápida reação, recuava suas duas mãos, posteriormente fazendo um movimento como se estivesse empurrando o ar com seus dedos dobrados, um braço após o outro:


- Hakke Kūshō! - (Oito Trigramas: Palma de Vácuo)


*Ao mesmo tempo que Mitsuki iria levantar seu braço para realizar sua técnica e as shurikens de Konohamaru começariam a se multiplicar, Neji expelia da palma de suas mãos duas poderosas rajadas de vácuo comprimido. Na primeira, ele dispersava de uma só vez toda a névoa de pólvora existente que os encobria, e na segunda ele rebatia para longe todas as shurikens enviadas, alterando sua rota em maioria em direção aos clones de Konohamaru (e algumas shurikens em direção ao Konohamaru verdadeiro e a Mitsuki, que precisariam se defender), e anularia o raiton de Mitsuki, por ter sido uma rajada de vácuo proporcionalmente maior, tendo papel semelhante ao fūton, reduzindo a nada as descargas elétricas. Isso só teria sido possível por causa da precedência da realização das ações: primordialmente ao ver a fumaça de pólvora, Neji teria logicamente um raciocínio mais veloz do que Mitsuki (que, segundo o post, viu Konohamaru jogando a pólvora para depois ver o que fazer, qual combinação seria a melhor), e o tempo na sucessão das habilidades seria o melhor amigo de Neji para tomar a dianteira e evitar o ataque já lançado e os que seriam obviamente lançados a seguir. E Neji não havia conhecimento das técnicas de seus adversários, muito menos uma pré-visão para ver o que ocorreria; foi tudo fruto de dedução e observação da mente e visão de um dos shinobis mais talentosos de Konoha, que havia anulado com perfeição e um timing exemplar as técnicas de seus oponentes.


- Essa foi por pouco. Não podemos abaixar nossa guarda.


*Respondia o jovem, um pouco contido/envergonhado pela forma que a Mizukage se dirigia a ele, mas respeitosamente. Agora estaria na hora do contra-ataque (que já fora indiretamente começado ao rebater as shurikens).


- Vamos nessa!


*E repentinamente uma névoa quente surgia tomando proporções impressionantes no campo de batalha. Era óbvio o início da movimentação da Mizukage; mas não apenas isso: Neji movimentava-se com a velocidade e furtividade de um ninja de Elite de Konoha (tal como Konohamaru), mas com o diferencial de seus olhos que não seriam ofuscados pela névoa, pois enxergariam tudo dentro dela (já que o Byakugan não se confundiria por não enxergar cores de chakra e sim pontos de chakra, e através de fatores que normalmente obstruiriam a visão humana). Conforme a névoa se ampliava, Neji corria com seu Shunshin no Jutsu - (Técnica de Cintilação Corporal) em direção a Konohamaru (verdadeiro) e Mitsuki, e como um vulto surgia entre os dois instantes antes dos pilares de água se fecharem. Neji estava dentro de uma prisão de água junto com seus dois adversários. Seria suicídio? Certamente para um shinobi comum, sim, mas não era o caso.


- Hakke... - (Oito Trigramas)


*Um circulo imaginário de oito trigramas se formava ao redor de Konohamaru e Mitsuki (visto apenas por Neji, claro), porém quando ouvissem essas palavras, é quando se dariam conta da presença sorrateira de Neji (que não é um ninja da névoa para ter uma ocultação tão perfeita, mas compara-se em habilidade de movimentação e detecção), entretanto já não haveria reação que impedisse que começassem a tomar uma série de golpes em pontos estratégicos de seu corpo cada. Neji assumia novamente a postura do Punho Suave e realizava golpes sucessivos tão velozes que pouquíssimos se igualariam a Neji na execução de seu taijutsu Hyūga, dito como superado até mesmo o de Hiashi por um momento em sua história. Os golpes visavam atingir os tenketsu de seus oponentes, seus pontos de chakra claramente visíveis ao Byakugan, obstruindo a circulação de chakra no corpo de seus oponentes.


- ...Rokujūyon Shō! - (Sessenta e Quatro Palmas)


*Mínimos segundos seriam o bastante para sua técnica ter sido feita com perfeição. Entretanto, Neji havia a realizado em um espaço fechado com dois oponentes, sendo assim, apenas Trinta e Duas palmas para cada, reduzindo o efeito potencial da técnica original caso focada em apenas um alvo. É válido citar que, a partir do primeiro golpe, técnicas que envolvessem chakra estariam automaticamente anuladas, não por ter paralisado o chakra de uma só vez, mas por estar obstruindo em cada golpe, e tendo seu chakra instável seria impossível realizar técnicas do tipo Ninjutsu ou até mesmo Genjutsus (que não seriam eficazes de toda forma).
*O efeito reduzido causaria apenas instabilidade temporária no tenketsu de seus oponentes, deixando-os incapazes de realizar jutsus por certa duração na batalha, e reduziria consideravelmente suas habilidades corporais por danos causados a seus órgãos (como velocidade, agilidade, reflexos, etc), sendo o Punho Suave uma técnica seriamente mortífera, mas ainda assim utilizada em pequena escala. Entretanto já seria o suficiente para o que viria a seguir.



- Heh.


*Um sorriso tomava os lábios do jovem talento Hyūga. Vindo de uma mente tão minuciosa como a dele, não haveria dúvidas de que algo estava por vir, quando de repente presas de água empalavam todos dentro da prisão de água por diferentes ângulos (até mesmo Neji), e um grande estrondo era ouvido! Uma explosão irrompia dentro da prisão de água. O que havia acontecido?...
*Konohamaru e Mitsuki não saberiam, mas o Neji que havia adentrado na cúpula se bastava apenas a um clone de Neji, armado com tarjas explosivas dentro de suas vestes que seriam acionadas remotamente logo após a realização de sua técnica de taijutsu magistral. Eles não teriam como saber que era um clone, tanto pela sorratez e velocidade que Neji procedia suas ações, como por causa da névoa antes feita pela Mizukage que se encarregava de burlar formas de identificar se era ou não Neji verdadeiro, e até mesmo para um estrategista nato seria difícil reconhecer uma combinação "suicida", sendo na verdade um clone, o que deixava de se tornar tão óbvio tratando-se de uma mente tão brilhante.



" ... "


*Neji observava tudo de longe calmamente, em silêncio, curioso para ver a sucessão da batalha, mantendo-se relativamente próximo a Mei. Nada fugia de seus olhos. De seu campo de visão. Nem mesmo o que ocorria dentro da prisão de água. E ainda caso escapassem do ataque surpresa do Punho Suave de Neji com alguma defesa ou escudo, a explosão à queima-roupa os daria alguns danos consideráveis que carregariam com o decorrer da batalha. Neji havia trabalhado como um perfeito shinobi, executando perfeitamente sua estratégia sincrônica de conter, abater e finalizar seus oponentes. Um grande exemplo do porque era chamado de gênio. A explosão das tarjas explosivas dispersaria a névoa criada por Mei mesmo estando dentro da prisão de água, pois as tarjas explosivas iriam desfazer a prisão. Sincronia, velocidade e precisão haviam sido as palavras-chave para as ações de Neji e da Mizukage.
*Ambos observavam pacientemente para ver em que se sucederia o combate, tendo em mente que tratavam-se de Konohamaru e Mitsuki verdadeiros. E qualquer técnica de natureza de chakra destrutiva dentro de uma prisão de água como aquela (ainda mais raiton), poderia ser não só prejudicial a Neji (que não saberiam que é um clone, e como expliquei, não seria fácil de deduzir nem haveria tanto tempo para pensar), mas como a Konohamaru. Então sua defesa ou fuga deveriam ser pensadas minuciosamente, pois estariam batalhando contra um formidável oponente que tinha como prazer, estar um passo a frente de seus inimigos.




End + Ação Secreta
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Entre tapas e beijos   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Entre tapas e beijos
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Zuações... Entre no topico se vc faz.
» Só entre aqui se tiver coragem
» Diferenças Entre Spam e Flood!
» [FanFic] Entre o Céu e o Inferno #Chapter01
» Monstros entre nós. - MIssão para Brigitte e Klaus.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Game :: Vilas ninjas :: Konoha(vila da folha)-
Ir para: